segunda-feira, novembro 11, 2013

EU SOU A EVOLUÇÃO :parte:02

fui até a diretoria e falei com diretor de lá, ele erá um velho que usava uma roupa formal.
Charles Deen:
- oi eu sou Charles Deen, queria vocês me apresentar-se o Saimom Becker, e vocês não me apresentaram ele.
diretor:
- o que?
um policial chegou trazendo a folha de aquivos.
policial:
- mas estar aqui, nos aquivos que ele é Saimon Becker.
Charles Deen:
- o Saimon Becker é o meu pai, aquele que vocês me apresentaram provavelmente tem a mesma idade que eu.
eles foram ver o aquivo e o video, e mostrou que a foto e a Cara de Saimon Becker, eram iguais.
Diretor:
- mas aqui estar mostrando que é ele.
Charles Deen:
- olhe para ele, este cara tem cara de ter 40 anos.
diretor:
- você tem razão vou ver o que estar acontecendo.
eles estavam na ala no hospital e pegaram uma gota de sangue.
Saimon Becker:
- por que vocês acham tão difícil de acreditar que eu sou Saimon.
Diretor:
- por que de acordo com os aquivos você teria 48 anos e dá para ver que o senhor tem 20 anos.
Saimon:
- eu sabia que vocês iriam aceitar a verdade uma hora ou outra.
Charles Deen:
- do que você estar falando?
Saimon:
- que eu não descendo do macaco como vocês.
um dos policiais se irrita.
policial:
- CALE A BOCA SE NÃO VOCÊ VAI PARA A SOLITÁRIA.
Diretor:
- vocês dois se acalmen.
Saimon Becker:
- eu estou bastante calmo.
Diretor:
- mais uma gracinha dessa e você vai para a solitária.
depois de um tempo uma ciêntista chega.
ciêntista:
- mostra nos aquivos de Dna do Saimon de 20 anos e esse atual e mostra que são as mesmas pessoas.
pego o resultado não acreditando nele.
Saimon Becker:
- você se convenceu meu filho.
Charles Deen:
- como você pode ser meu pai.
o diretor pega a folha.
Diretor:
- eu tambem não acredito nisso.
Saimon Becker:
- como eu falei eu não descendo dos macacos eu descendo de deus.
Diretor:
- não pode ser.
o Saimon fica com o Sorriso no rosto.
Saimon Becker:
- poisé como vocês notaram eu sou imortal.
Ciêntista:
- diretor você sabe o quanto isto é importante na comunidade ciêntifica.
Diretor:
- não posso deixar que ele seja motivo de estudo.
que ele seja motivo de estudo.
Saimon Becker:
- deixa eu ser motivo de estudo.
Diretor:
- não posso.

olhe as outras partes:01

Nenhum comentário: