terça-feira, setembro 17, 2013

O violeiro matador

Estava na estrada, com o meu violão na caixa dele, e minha mochila, calça jens,tênis preto, chapel estilo cawboy, uma camisa social azul, estava com meu braço erguido, com o meu dedo do polegar erguido só esperando alguém me dar uma carona.
Aparece uma pessoa para me dar carona, no carro tinha uma mulher loira, com camisa vermelha e tinha um decote, e calça jeans.outra mulher com cabelo preto, camisa parecida só que a dela era azul, e a atrás garota, também tinha cabelo loiro, usava uma camiseta regata, com algum desenho qualquer.
A loira me perguntou"para onde você esta indo?", respondi para ela"para o bar do joão fica na próxima cidade", ela antes de me deixar entrar, verificou se eu tinha algum tipo de arma, nada mais justo, depois ela me deixou entrar no carro.
Na estrada a morena me pergunta"você não tem medo de perdi carona, você pode encontrar alguém perigoso?", respondo a ela"eu não tenho medo, basta ter o meu violão por perto, isso faz com que o perigo se afaste", ela dar uma risada e diz"você confia totalmente a sua vida ao seu violão?", respondo"sim".
O tempo passou, chegamos na cidade, como já era de noite, elas foram para o bar comigo, entrei lá o dono do bar, sábia quem eu era, e falou"quando você estiver pronto pode se apresentar", depois fui para o palco e disse"eu sou Carlos Vam" comerei a toca a minha musica.
Depois de um tempo um grupo que parecia de motoqueiros, fecha todas as portas do bar, e todos que fecharam o bar, mostraram presas, e um deles disse"ola nós somos os vampiros do sul, e hoje todos você vão morrer", me virei para ele e disse"você sabia que esse violão foi batizado pelas bruxas, e uma coisa que elas são boas é", toquei em uma corda, e o fio dela foi rapidamente nos pescoços de todos o vampiros, " é fazer armas que matam vampiros", toquei no mesmo fio, todos os vampiros foram decapitados, depois continuei o show.
Depois a mulher chega para min e diz"mas afinal o que você", respondo"eu sou um violeiro, e também um caçador de vampiros".

Nenhum comentário: